“Negócios na Web” debate oportunidades para mercado imobiliário

Evento promovido pelo Secovi-SP reuniu portais de classificados para discutir novas possibilidades para corretores e imobiliárias na internet.

O futuro dos negócios imobiliários depende da internet. É o que pensam os executivos dos principais portais de classificados de imóveis de São Paulo, convidados pela Rede Secovi a participarem do debate “Negócios na Web”, no último dia 14. O evento discutiu como imobiliárias e corretores podem atrair mais clientes a partir de classificados online e utilização de redes sociais. Participaram da discussão Lucas Vargas (VP Comercial do VivaReal), Alexandre Ruiz (diretor do Portal SP), Caio Ribeiro (diretor do MercadoLivre Classificados), Gabriel Gruber (CEO do portal Properati), Mateo Cuadras (CEO do ImóvelWeb), William Machado (Country Manager do Tiqueimóveis) e ainda Igor Lima (head of Industry Real Estate do Google).

Imovel - Teclado - Blog do Parlare

Lima, representante do Google, trouxe um panorama de como o site posiciona os resultados para as buscas e a importância de trabalhar cada vez mais com conteúdo e qualidade de anúncios para se destacar entre os concorrentes. “O mercado imobiliário precisa começar a investir em desenvolvimento de marca. Por muito tempo, imobiliárias estiveram apenas preocupadas com resultados imediatos, o cenário agora pede que elas gerem maior engajamento com seus clientes por meio de conteúdo”, explicou.

Os debatedores reforçaram a importância de divulgar anúncios bem elaborados para chamar a atenção de quem busca um imóvel. Segundo eles, é preciso levar em consideração que os portais têm como objetivo oferecer os melhores resultados para que os usuários encontrem facilmente o que procuram, e isso acontece quando se tem bom conteúdo e informações relevantes e precisas, tais quais localização, fotos e descrição do imóvel.

Os anunciantes devem também considerar o retorno sobre o investimento em classificados online. Para medir o resultado dos portais, o recomendado é calcular o valor pago dividido pelo número de leads recebidos, chegando ao custo por lead. Quando menor for este valor, melhor o investimento do portal. Mas outros fatores acabam influenciando na decisão, como o atendimento prestado e serviços adicionais oferecidos, treinamento e facilidade de gestão dos contatos recebidos.

Para garantir a geração de negócios a partir da web, vale também lembrar que cada novo canal de contato aberto com os clientes deve ser gerenciado com a melhor qualidade possível. “Muitos usuários nos informam, por exemplo, que não estão satisfeitos com o atendimento após tornarem-se leads, principalmente com o tempo de retorno. Isso é importante para percebermos, também, que é preciso se adaptar ao meio que o cliente prefere ser contatado, seja telefone ou email, e fazê-lo com a maior agilidade possível”, recomenda Lucas Vargas, do portal VivaReal.

Fonte: VivaReal

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog do Parlare no Facebook!!!

CURTA a FAN PAGE do Blog do Parlare no Facebook!!!


Visite também:

Logo Site Imobiliario do Parlare

Anúncios

Fale com Edmar Junior:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s