Saiba Mais Sobre Operação Urbana

Operacao Urbana - Blog do Parlare
São intervenções realizadas sob a coordenação do Poder Público, envolvendo a iniciativa privada, os moradores e os usuários do local, buscando alcançar transformações urbanísticas estruturais, melhorias sociais e valorização ambiental.

Nesse instrumento, o Poder Público deve delimitar uma área e elaborar um plano de ocupação no qual estejam previstos aspectos como: a implementação de infraestrutura, a nova distribuição de usos, as densidades permitidas, os padrões de acessibilidade e etc. Trata-se, portanto, de um plano urbanístico em escala quase local, através do qual podem ser trabalhados elementos de difícil tratamento nos planos mais genéricos (tais como altura das edificações, relações entre espaço público e privado, reordenamento da estrutura fundiária e etc.).

A arrecadação financeira para realização das Operações Urbanas é feita via venda de CEPAC’S, que são valores mobiliários emitidos pela Prefeitura do Município de São Paulo e comercializados em leilões para as construtoras. Este dinheiro é necessariamente destinado para melhorias na infraestrutura da região.

Por esse motivo, as operações urbanas possuem grande potencial de qualificação espacial para as cidades, na medida em que permitem tratamento quase arquitetônico dos espaços urbanos. O maior exemplo é a Operação Urbana Agua Espraiada, que revitalizou boa parte dos bairros do Campo Belo e Brooklin, com sensíveis melhorias, pela extensão da Av. Jornalista Roberto Marinho, desapropriação de favelas, além do maior marco de toda a revitalização e novo ponto turístico da cidade, a Ponte Estaiada. Esta operação ainda contempla futuras obras, tais como o desenvolvimento da Av. Dr. Chucri Zaidan com 3.100 metros de extensão, construção de um túnel com aproximadamente 600 metros que vai da Rua Fernandes Moreira até a Praça Embaixador Ciro Freitas Valle, alongamento e abertura de vias, construção de um parque linear e ampliação da Av. Jornalista Roberto Marinho com passagem subterrânea ligando até a Rodovia dos Imigrantes.

Fazendo um paralelo, as Outorgas Onerosas tratam de potenciais construtivos vendidos aos incorporadores, elas foram criadas no último Plano Diretor de São Paulo sob a gestão de Jorge Wilheim (Ex-Secretário Municipal de Planejamento), porém não precisam ser investidas na mesma região.

Existem ainda as Operações Urbanas da Agua Branca, Centro e Faria Lima e estão em fase de aprovação a Lapa-Brás, Mooca-Vila Carioca, Vila Leopoldina-Jaguaré e Rio Verde-Jacú.

Fonte: Lopes

Anúncios

Fale com Edmar Junior:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s